O amor pode ser medido? Claro! E ele cabe direitinho em um frasco de 10ml! Os portadores de leucemia e outras doenças no sangue só dependem disso: 10 ml do mais puro amor. Pense nisso!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Voluntariado: Sem esperar recompensas nem compensações!!!


O voluntariado provém do interesse pessoal e cívico das pessoas que dedicam parte do seu tempo, sem remuneração alguma, a diversas formas de atividades de cunho social, organizadas ou não, que possibilitam a conscientização da solidariedade entre as pessoas para uma vida melhor e mais humana.

O voluntário presta serviços não remunerados em benefício da comunidade doando parte do seu tempo e conhecimento, realiza um trabalho gerado pela energia de seu impulso solidário, atende tanto às necessidades do próximo ou aos imperativos de uma causa, sejam estas de caráter religioso, cultural, filosófico, político, emocional.

Quando nos referimos ao voluntário contemporâneo, engajado, participante e consciente, diferenciamos também o seu grau de comprometimento: ações mais permanentes, que implicam em maiores compromissos, requerem um determinado tipo de voluntário, e podem levá-lo, inclusive, a uma "profissionalização voluntária"; existem também ações pontuais, esporádicas, que mobilizam outro perfil de indivíduos.

Ao analisar os motivos que mobilizam alguém em direção ao trabalho voluntário, descobrem-se, entre outros, dois componentes fundamentais: o de cunho pessoal, a doação de tempo e esforço como resposta a uma inquietação interior que é levada à prática, e o social, a tomada de consciência dos problemas ao se deparar com a realidade, o que leva à luta por um ideal ou ao comprometimento com uma causa.

Altruísmo e solidariedade são valores morais socialmente constituídos, vistos como virtude do indivíduo. Do ponto de vista religioso, acredita-se que a prática do bem salva a alma; numa perspectiva social e política, pressupõe-se que a prática de tais valores zelará pela manutenção da ordem social e pelo progresso do homem.

A caridade (forte herança cultural e religiosa), reforçada pelo ideal, as crenças, os sistemas de valores e o compromisso com determinadas causas são componentes vitais do engajamento. Não se deve esquecer, contudo, o potencial transformador que essas atitudes representam para o crescimento interior do próprio indivíduo.

Fonte da pesquisa: CORULLÓN, Mónica. Trabalho Voluntário. Publicado pelo Conselho da Comunidade Solidária, 1996.




Em todos os aspectos da vida só ganhamos quando damos o melhor de nós mesmos. Talvez porque, assim, compartilhemos com o outro o que temos de mais especial e valioso. O gesto deixa evidente a rede de relações em que vivemos: cada ação afeta o mundo à nossa volta e é revertida em bem para nós mesmos. Quando você revela o melhor de você? Pense nisso!!!

O voluntariado é a atividade em que fica ainda mais evidente o benefício que o melhor de cada um tem sobre o outro. Não só o voluntário o ferece o mehor de si. Quem recebe apoio também descobre na generosidade do outro a maneira de dar seu melhor.

Mas é preciso buscar o autoconhecimento e cultivar a auto-estima para conseguir dividir o que se tem de especial. Ao se valorizar, se cuidar, se fazer bonito por dentro e por fora, o melhor de cada um aflora e reverbera naturalmente, gerando bom-estar e harmonia.

Voluntariado é coisa séria e traz resultados. Quem já participou de qualquer programa social sabe que a doação do tempo, do trabalho ou talento não fica sem retorno. Uma pesquisa feita pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) apontou que cerca de 20% dos brasileiros se preocupam em doar uma parte do seu tempo e de suas habilidades para ajudar o outro. Em uma população com cerca de 190 milhões de habitantes, essa parcela é bastante significativa. Mas há dados que não podem ser contabilizados, como a sensação de bem-estar que sentimos quando nossa ações fazem bem a alguém, por exemplo. Muitas vezes, é nesses momentos em que as nossas maiores qualidades se revelam com mais força.

Ser voluntário é ser útil, sem esperar recompensas nem compensações. É saber compartilhar o que temos de mais precioso: amor, felicidade, sabedoria, conhecimento, tempo e humildade, sendo por vezes uma bênção do céu.

No momento em que nos predispomos a compartilhar o que temos de melhor com as pessoas, é possível, então, dizer que somos voluntários.
Parabéns a todos os voluntários pelo nosso dia 28/08/09!!!

Beijos,

Liga da Medula Óssea.

1 comentários:

crispassinato disse...

PARABÉNS, VCS FICARAM NO TOP 3 DO JURI POPULAR E SÃO FINALISTAS DO PRÊMIO TOP BLOG DA SUA CATEGORIA/GRUPO => veja (lista em ordem alfabética):

http://www.topblog.com.br/top.php

Leia:

http://www.topblog.com.br/wordpress/?cat=45&p=3323#comments

E mais:

http://twitter.com/premiotopblog/status/3674827134

Pra convidar pra comemorar, ontem foi dia internacional do blog, então fizemos 1 blogagem coletiva:

Participem também, ok?

http://crispassinato.wordpress.com/2009/08/31/blogagem-coletiva-blog-day-o-que-vem-a-ser-para-voce-ser-blogueiro/

Estamos aguardando!

vamos nos conhecer no Prêmio, no dia da solenidade de premiação na UNIP, como diz nesse link:

http://www.topblog.com.br/wordpress/?p=3264&cat=45

Related Posts with Thumbnails

Uma bolinha de sabão brilhando no céu!

Uma bolinha de sabão brilhando no céu!
Quando eu não mais existir,
Procure-me nas flores,
Eu serei o perfume daquela que você tocar.
Quando eu não mais existir,
Procura-me nas estrelas,
Eu estarei naquela que você olhar,
Quando eu não mais existir,
Procura-me nas noites frias,
Eu serei o orvalho que beija teus lábios,
Quando eu não mais existir,
Procura-me nos lagos,
Olhe e eu estarei na sua própria imagem para contemplá-lo,
Quando eu não mais existir,
Procura-me na escuridão da noite,
Eu serei o único raio de luz que como milagre surgirá para te iluminar,
Quando eu não mais existir,
Procura-me na chuva,
Para molhar teu rosto,
Quando eu não mais existir,
Procura-me nas bolinhas de sabão que surgirão nos céus,
E serei eu que vim até ti para fazer um carinho,
Quando eu não mais existir,
Procura-me no mar,
Eu serei as ondas que vem ao seu encontro para abraçar-te,
E para te dizer "estou aqui"
....Do seu lado...

Liga do bem... Faça parte você também!

;