O amor pode ser medido? Claro! E ele cabe direitinho em um frasco de 10ml! Os portadores de leucemia e outras doenças no sangue só dependem disso: 10 ml do mais puro amor. Pense nisso!

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Brasil tem 1 milhão de cadastrados no REDOME!!!

Brasil tem terceiro banco de doadores de medula óssea do mundo.
São mais de um milhão de doadores. A conscientização não alivia a dor de quem espera na fila do transplante. Faltam medicamentos, material e médicos.
A universitária Flávia Piovani tem 24 anos e estuda engenharia. Há quatro anos, participou na faculdade da campanha de doação de medula óssea. Um ano depois, se tornou doadora e salvou a vida de um jovem da idade dela.“Foi um processo um pouco demorado, mas nada dolorido. Se tivesse que fazer, faria de novo”, garante a estudante Flavia Piovani.
Com a ajuda de gente como Flávia, o Brasil ultrapassou a marca de um milhão de doadores de medula óssea. Há cinco anos, eram apenas 33 mil. Hoje, o país tem o terceiro banco de doadores registrados do mundo.“Já fazemos parte do sistema internacional de doadores. Temos um acordo de cooperação com o maior sistema de registros do mundo, nos Estados Unidos. Hoje, tanto nós buscamos doadores no sistema – já fazemos isso há mais tempo – como eles também, solidariamente, podem encontrar doador no nosso registro”, aponta o diretor do Instituto Nacional do Câncer (Inca), Luis Antonio Santini.
O transplante de medula é na maior parte dos casos o tratamento indicado para casos de doenças do sangue e do sistema imunológico. Quanto mais doadores, maiores as chances de quem precisa da medula óssea.“Essa chance, hoje, está em 60%, com 1 milhão de doadores. Necessitamos de um trabalho grande para que possa aumentar essa possibilidade para os pacientes”, analisa o coordenador do Centro de Medula Óssea do Inca, Luis Fernando Bouzas.
Natan, de 14 anos, fez o transplante de medula óssea há quase dois meses. Passou do período do isolamento e, daqui a uma semana, ele vai para casa. Natan conseguiu a medula através do registro de doadores. “Daqui a pouco é vida normal. Só correr para o abraço”, planeja o adolescente.
No Recife (PE), doadores e pacientes enfrentam a precariedade do sistema de saúde. Há dois anos, a Central de Transplantes de Medula praticamente parou de funcionar. Faltam medicamentos, material e principalmente médicos. “Nós estamos com 70% dos medicamentos e do material medico-cirúrgico adquiridos. Precisamos complementar nossa equipe. Fizemos uma seleção simplificada em 2008, e essa seleção não conseguiu completar o quadro do Hemope. A nossa meta é, ainda este ano, reiniciar”, aponta o presidente do hospital do Hemope (Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco). Enquanto isso não acontece, 94 pacientes estão na fila de espera por um transplante.
Maria Divaneide conseguiu doador na família. Mesmo assim, há um ano aguarda a vez de receber o transplante. “Meu sonho é ter uma vida normal. Sempre hospital. Sou uma menina nova, podia estar despreocupada cuidando dos meus filhos. Mas não tenho condições de ficar com eles. Queria ter uma vida normal como qualquer pessoa, mas não depende de mim, depende dos outros. Então, tenho que esperar”, diz a paciente.


Assista a reportagem exibida hoje: 28.05.09 às 07h15 no jornal Bom Dia Brasil da Rede Globo.



Créditos: http://g1.globo.com/bomdiabrasil

Abraços,

Liga da Medula Óssea.

1 comentários:

crycabr disse...

Olá, vi a divulgação de vcs em um scrapbook do orkut. Gostaria de saber como faço pra ajudar a divulgar o trabalho de vcs e assim diminuir a dor de várias pessoas que estão na fila de transplante.
OBrigada...
Cristiane Nogueira
crycabr@hotmail.com

Related Posts with Thumbnails

Uma bolinha de sabão brilhando no céu!

Uma bolinha de sabão brilhando no céu!
Quando eu não mais existir,
Procure-me nas flores,
Eu serei o perfume daquela que você tocar.
Quando eu não mais existir,
Procura-me nas estrelas,
Eu estarei naquela que você olhar,
Quando eu não mais existir,
Procura-me nas noites frias,
Eu serei o orvalho que beija teus lábios,
Quando eu não mais existir,
Procura-me nos lagos,
Olhe e eu estarei na sua própria imagem para contemplá-lo,
Quando eu não mais existir,
Procura-me na escuridão da noite,
Eu serei o único raio de luz que como milagre surgirá para te iluminar,
Quando eu não mais existir,
Procura-me na chuva,
Para molhar teu rosto,
Quando eu não mais existir,
Procura-me nas bolinhas de sabão que surgirão nos céus,
E serei eu que vim até ti para fazer um carinho,
Quando eu não mais existir,
Procura-me no mar,
Eu serei as ondas que vem ao seu encontro para abraçar-te,
E para te dizer "estou aqui"
....Do seu lado...

Liga do bem... Faça parte você também!

;